Estado angolano: Estratégias político-diplomáticas

Necessitamos fazer reformas, reformas pontuais e reais, é necessário rotação dos recursos humanos do MIREX. Os competentes precisam guiar o barco das missões diplomáticas angolanas, esses teriam a dura missão de alavancar economicamente o País, elaborando programas e projectos racionalizados de atracção de investimentos estrangeiros.

Angola não é um Estado Democrático e de Direito

A Constituição da República no seu artigo 2.º, alínea 1, afirma que: “A República de Angola é um Estado Democrático e de Direito que tem como fundamentos a soberania popular, o primado da Constituição e da lei, a separação de poderes e interdependência de funções, a unidade nacional, o pluralismo de expressão e de organização política e a democracia

Geopolítica da Segurança do Estado: Força Militar e Serviços Secretos

Os serviços secretos existem para proteger o Estado dos inimigos internos e externos, sobretudo dos inimigos externos, mas diferente das super potências militares os Países africanos usam muito mais a segurança nacional e os serviços secretos para combater principalmente o seu próprio cidadão. Por exemplo Angola é um dos países africanos que mais investe

Doentes angolanos em Portugal abandonados pela Junta Médica Nacional

A situação dos doentes da Junta médica Nacional em Portugal é uma situação lastimável, triste e miserável, mas o jornalista Gabriel Niva (também doente da Junta Médica) tem espalhado várias mentiras sobre as condições dos doentes angolanos em Portugal, deixando indignados os respectivos doentes. Ele tem afirmado repetidas vezes no seu directo em correspondência com a TPA que: “os angolanos infectados e internados nas unidades hospitalares estão recebendo tratamento médico nas suas residências,

Angola tem novo Código de Processo Penal

O diploma que alarga a pena máxima de prisão para 35 anos, vai definir competências claras dos distintos sujeitos e participantes processuais na investigação, instrução e julgamento dos processos.
Antes da sua aprovação, o novo Código de Processo Penal foi submetido a consulta pública alargada, nos distintos sectores da sociedade angolana. As discussões na especialidade iniciaram em Maio do ano passado e terminaram no passado mês de Junho.

União Europeia doa 20 milhões de euros adicionais a Angola

“Angola faz parte do nosso programa de apoio orçamental e a União Europeia tem um pacote de 20 milhões de euros adicionais para uma área que vai ser escolhida pelo Governo”, adiantou o checo, sublinhando que o valor pode ser aumentado no futuro e que vai ser transferido até ao final do ano.